Mulher é detida pela GCM após tentar se apropriar de bens e dinheiro de idosa em Americana.

Indiciada realizava várias transações de débito e até tentou sacar uma quantia da previdência do falecido marido da vítima.

0
408
(Foto: GCM de Americana)

A Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu na tarde de ontem (4), uma denúncia sobre apropriação de bens de uma idosa, de 67 anos, em uma agência bancária da Rua Doze de Novembro, no Centro de Americana (SP). Segundo a denúncia, uma mulher de 62 anos estaria tentando sacar o dinheiro da senhora.

Por volta das 15h30, a polícia conseguiu localizar a acusada em um salão de beleza na Avenida Dr. Antônio Lobo, acompanhada da idosa. Após ser indagada, alegou que era cuidadora e que teria uma ONG para esse intuito, localizada na Rua Mato Grosso, onde a idosa estaria vivendo. De acordo com a polícia, a vítima não conseguia formular as ideias.

Com a acusada foi encontrado uma bolsa contendo vários documentos e cartões bancários. A gerência da instituição financeira, de onde partiu a denúncia, observou várias transações de débito na conta da vítima e por conta disso, foi efetuado o bloqueio da conta. Além disso, nesta terça-feira (04) a mulher se dirigiu até a agência, na tentativa de abrir uma nova conta em nome do falecido da vítima, visando sacar uma quantia que constava na previdência dele.

Também apurou-se que a acusada recebia alugueis de um imóvel que a vítima (idosa), possui no bairro Jaguari.

Diante dos fatos, as duas foram conduzidas até a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), onde a acusada foi indiciada por apropriação de bens, sendo liberada posteriormente. A vítima, por não possuir familiares próximo, foi encaminhada para Assistência Social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui