A importância de manter-se ativo durante a quarentena

A atividade física feita de maneira regular melhora nosso sistema imunológico, o que é de extrema importância neste momento, além de extravasar a energia acumulada e produzir hormônios do bem para o organismo em geral.

0
535

Uma nova dinâmica mundial vem mudando o cenário da atividade física para todos os que já praticavam esportes antes da pandemia Covid-19: academias fechadas, parques interditados, esportes coletivos impedidos de serem praticados em grupos e, junto disso, uma preocupação crescente com presente e futuro.

Fatores que somados são uma verdadeira bomba para a saúde: preocupação em excesso, estresse e inatividade física, sem falar na ansiedade que leva uma boa parte da população a descontar a angustia numa alimentação extravagante e muitas vezes nada saudável.

Vá por partes. Após o susto inicial e a compreensão de que esta epidemia durará mais do que apenas as duas semanas iniciais previstas, é preciso parar, pensar, se concentrar e voltar ao foco.
Começando pela alimentação, retome os hábitos saudáveis sem entrar numa paranóia. Coma para nutrir seu corpo e não apenas atender necessidades emocionais.

Atente-se que ficar de quarentena não significa abandonar a rotina de atividades físicas, exceto no caso de pessoas contaminadas. Para o restante da população que se encontra saudável e cheia de energia, a saída é combinar com seu personal trainer uma sequência de exercícios que possa ser realizada em casa.

Caso não tenha um profissional que te oriente, procure na internet um especialista que te passe segurança e siga os passos somente desse professor uma vez que, seguindo um programa sequencial de exercícios, você pode obter uma evolução gradual.

Lembrando que o momento não é para pensar em performance e/ou resultados estéticos e sim, mais do que nunca, utilizar o exercício físico para o que ele serve de fato: manter sua saúde física e mental.

A atividade física feita de maneira regular melhora nosso sistema imunológico, o que é de extrema importância neste momento, além de extravasar a energia acumulada e produzir hormônios do bem para o organismo em geral.

A recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é, pensando na saúde geral – e não alto rendimento ou estética –, realizar 30 minutos de atividade moderada por dia.

Caso você não tenha personal trainer, aqui vão seis dicas de atividade física para fazer em qualquer espaço dentro do seu lar ou do trabalho contanto que você esteja praticando isolamento:
– Acompanhar sequências de treino de profissionais da educação física na internet.
– Alongamento/Yoga/Pilates de solo.
– Subir e descer escadas.
– Fazer jogos ativos em família.
– Pular corda.
– Baixar app que tenha treinos motivadores.

Vale ressaltar que essas práticas recomendadas são para aqueles que já praticavam atividade física. Pra quem pretende começar agora é indispensável a orientação do profissional da área, visto que a ideia principal é evitar lesões.

O importante da atividade física é a regularidade, o que garante saúde para músculos, ossos, tendões e para controle de estresse e ansiedade.

Intensidade, desempenho e resultados ficam para outro momento!

Bons treinos!

 ** Fernanda Rodrigues é personal trainer. Clique para acompanhá-la no Instagram – Ferzocas – e no Facebook – Fer Rodrigues da Costa (Ferzoca)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui