GCM apreende 17 galos e apetrechos de rinha no Parque Novo Mundo.

A polícia compareceu até a Rua Rio Claro, após denúncias realizadas no SAC da Prefeitura de Americana.

0
358
(Foto: Divulgação/GCM de Americana)

O Grupo de Proteção Ambiental (GPA) da Guarda Civil Municipal (GCM), apreendeu na manhã da última sexta-feira (23), dezessete galos no Parque Novo Mundo em Americana (SP). Segundo a polícia, a suspeita é que as aves eram utilizadas para rinha.

Os GCMs compareceram na Rua Rio Claro, após denúncias no SAC da Prefeitura de Americana, onde constataram uma edificação de tijolos. Os patrulheiros foram recebidos pela moradora, que permitiu a entrada para averiguação.

Durante vistoria, tiveram êxito em localizar um galinheiro com dezessete galos e quatro galinhas presas individualmente, além de oito protetores de bico, dois tapa-olhos, duas agulhas, uma seringa, seis protetores de esporas, uma pomada, polivitamínico e também medicamentos não identificados.

Aves eram separadas de maneira individual, diversos objetos foram apreendidos — Foto: GCM de Americana

Após ser indagada, a moradora alegou que as aves pertenciam ao esposo, que havia adquirido pelo valor de R$ 2 mil.

O caso foi apresentado na Central de Polícia Judiciária, onde a autoridade determinou que a mulher ficasse como fiel depositária (atribuição dada a alguém para guardar um bem durante um processo judicial) das aves e objetos apreendidos.

Além disso, a responsável deverá ainda comparecer à Secretaria de Meio Ambiente, devido outras anormalidades identificadas pelos policiais, como a falta de documentação e autorização para construção em solo não permitido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui