Operação fiscaliza postos de combustível em Sumaré e Hortolândia

Ação conjunta da Polícia Civil, Guarda Municipal, ANP, IPEM, PROCON e CPFL, visou combater o esquema de fraudes praticados pelos postos. Estima-se o valor de 1 milhão em multas aplicadas.

0
490
(Foto: Divulgação/Polícia Civil SP)

Nesta terça-feira (14), uma operação denominada “APATE” ocorreu nas cidades de Sumaré (SP) e Hortolândia (SP), visando combater a fraude nos postos de combustível.

A ação conjunta contou com a presença da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Seccional de Americana, Guarda Civil Municipal, Agência Nacional do Petróleo (ANP), Instituto de Pesos e Medidas (IPEM), PROCON e CPFL.

Segundo informações, em Sumaré cinco postos foram fiscalizados, sendo que dois apresentaram irregularidades. Um total de 74 bombas foram periciadas, 10 interditadas, 15 reprovadas e 10 autos de infração efetuados.

Já em Hortolândia, quatro postos foram averiguados, sendo que um apresentou irregularidades. Contudo, 58 bombas periciadas, 2 bombas interditadas, 2 bombas reprovadas e 2 autos de infração elaborados.

De acordo com a Polícia Civil, estima-se que o valor das multas aplicadas nos postos das duas cidades chegue a R$ 1.000.000,00 (um milhão). A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis coletou amostras para análise em laboratório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui