Justiça determina prisão temporária do possível sequestrador de Emily

Determinação partiu da juíza da 1ª Vara Criminal de Santa Bárbara, Dra. Camila Marcela Ferrari Arcaro. Suspeito apresentou-se na tarde de ontem.

0
593
(Foto: Divulgação/DIG)

Nesta segunda-feira (13), a Justiça determinou a prisão temporária por 30 dias, do investigado Paulo César da Silva Santos, de 27 anos, pela acusação de ter abusado sexualmente Emily Bello de 11 anos e a manter em cárcere privado. Decisão partiu da 1ª Vara Criminal de Santa Bárbara d’Oeste (SP).

Paulo foi identificado em operação conjunta da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Americana (SP) e Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Sumaré (SP). Em posse de informações cedidas por Emily, os investigadores localizaram o apartamento utilizado como cárcere no município de Sumaré.

A prisão decretada pela juíza Dra. Camila Marcela Ferrari Arcaro, é vista como imprescindível para continuidade das investigações. O acusado Paulo César que apresentou-se a sede da DIG de Americana na tarde de ontem, foi submetido a exame cautelar e porteriormente, conduzido a Cadeia Pública de Monte Mor, permanecendo a disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui