Na noite desta quarta-feira (8), a discussão entre uma dona de casa, de 37 anos e seu companheiro, engenheiro civil de 61 anos, deu origem a uma agressão e o caso foi parar na Central de Polícia Judiciária de Americana (SP).

A razão do ato foi a disputa por um lugar na cama. A mulher relata que seu parceiro estava embriagado e ao se deitar, negou-se a dar espaço à ela, o que deu estopim ao problema.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher informou que pediu a seu companheiro que ele ocupasse seu lugar “direito” na cama, para que ela também pudesse deitar.

Já a outra parte, declara que sua mulher gritava enquanto ele estaria adormecido. Teria solicitado que ela parasse, porém a discussão não regrediu até que ambos se agredissem. Segundo as informações, o engenheiro teria lançado lençóis e coberta sobre a dona de casa o que gerou todos os trâmites.

Os vizinhos após escutarem o barulho chamaram a polícia. Sendo assim, as partes foram conduzidas a Central de Polícia Judiciária e ao chegar, os dois já haviam feito as pazes e trocavam elogios.

Por fim, como nem mulher, nem o homem, moradores do São Vito, desejava entrar com uma representação criminal pelo ocorrido, a dupla foi liberada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui